Conheça as 6 casas mais extraordinárias do mundo


Postada em 05/03/2019 às 08:00


Conheça as 6 casas mais extraordinárias do mundo

Construídas em ambientes pouco habitados, presas em penhascos ou enterradas na terra são alguns dos exemplos mais impressionantes

 

Por Cláudia Ferreira

 

As ‘Casas Mais Extraordinárias Do Mundo’ é uma série original da BBC, que também passa na Netflix e que mostra, como o próprio nome já diz, as casas mais extraordinárias do mundo. Construídas em ambientes pouco habitados, presas em penhascos ou enterradas na terra são alguns dos exemplos mais impressionantes.

Geralmente, essas casas são obras únicas, com vistas estonteantes, admirável uso da tecnologia e que também preservam a natureza local. A série já está na sua segunda temporada e a cada novo episódio, o arquiteto Piers Taylor e a atriz Caroline Quentin rodam o mundo à procura dessas casas inusitadas, intrigantes e muito criativas.

Para quem gosta de arquitetura e/ou engenharia, essa série é a ideal! Por isso, na matéria de hoje, separamos seis, de todas as casas apresentadas na série, para que você fique com uma vontade ainda maior de assistir e se inspirar.

Cabana Lyngholmen, Noruega

 

 

A primeira casa extraordinária é de uma família norueguesa. Construída em uma pequena ilha paradisíaca, basicamente privada, a casa de férias e fins de semana tem um espaço de 100 metros quadrados, com quatro quartos. Feita em concreto e madeira, a construção se confunde com as rochas e a vegetação.

A Cabana Lyngholmen não se eleva perante as rochas e mantém a mesma linha para estar mais bem integrada naquele ambiente. O interior, muito bem decorado é mais quente e conta com cores um pouco mais vivas e bastante madeira. Para chegar até lá é preciso ir de barco ou utilizar uma lancha, ou seja, a família conta com muita privacidade e uma bela vista para o mar e a natureza.

Ktima, Grécia

 

 

Ktima fica em uma pequena ilha de Antiparos e está entre 80% a 90% debaixo da terra. Foi construída na Grécia, em cima de uma grande cratera, e seu projeto foi feito pelos dois arquitetos portugueses, Camila Rebelo e Susana Martins. A casa se integra na paisagem grega e consegue permanecer fria num país tão quente. As paredes são brancas, possui dois andares e os quartos contam com pequenos pátios privados ou varandas que garantem a privacidade.

Como é uma casa subterrânea, tem várias aberturas em cima para entrar luz natural e nunca ficar escura. A vista dá direto para o mar mediterrâneo e a encosta grega. A casa também tem uma piscina e só é visitada nas férias, pela família que tem uma residência fixa no Reino Unido.

O Manto, Nova Zelândia

 

 

O Manto é uma casa incrível que fica no meio da floresta da Nova Zelândia. A vila mais próxima fica a meia hora de carro e os donos da casa são o casal Mark e Susannah. Justamente pela zona altamente protegida pela paisagem natural que os dois resolveram se mudar e tiveram essa oportunidade rara de construção. A casa se confunde completamente com a paisagem e o telhado segue as plantações da montanha.

A residência é quase toda feita de madeira e concreto e há pouco vidro e nada de metal. No interior, as cores e texturas são voltadas para os diversos tons de marrom, e os materiais que predominam, tornam a casa ainda mais acolhedora, dando a impressão de estar dentro de uma gruta. Lá você ainda encontrará uma lareira e perceberá que os ângulos da construção não são nada convencionais, e o melhor de tudo: a vista dá para o lago e as montanhas.

Marlborough Sounds, Nova Zelândia

 

 

Outra casa fantástica, que também fica em uma floresta na Nova Zelândia é a Marlborough Sounds. Ali vive o cineasta Michael Seresin, que já trabalhou nas sagas ‘Planetas dos Macacos’ e ‘Harry Potter’, entre outros filmes famosos.

Nesta deslumbrante casa, tudo é feito praticamente de uma madeira bem resistente e reciclada, e a melhor forma de chegar até lá é através de uma viagem de barco. Escondida entre as árvores, por baixo, está uma das águas mais limpas do mundo, de cor azul vibrante. Sustentada por pilares de madeira, o interior tem uma riqueza enorme e as copas das árvores batem diretamente nas janelas.

The Wall, Cascais, Portugal

 

 

A quinta casa é uma verdadeira fortaleza e fica localizada em Portugal. Chama-se The Wall House e foi projetada pelo arquiteto Guedes Cruz. Um dos aspetos mais impressionantes na arquitetura da casa são as paredes, que alternam entre madeira, cimento e vidro. Elas também são móveis, pois a ideia é abrir a casa no verão para deixar passar o ar e permitir o acesso às zonas exteriores, ou fechá-la durante o inverno para proteger a habitação dos ventos frios que chegam.

No interior, há luzes e sombras que criam um ambiente agradável. Todas as divisões também têm vista para o campo de golfe e a zona da piscina, que por cima da mesma, existe outra piscina feita de acrílico transparente. Ou seja, é possível nadar e ver outras pessoas nadarem em cima.

Sob Pohutukawa, Nova Zelândia

 

 

A última casa, ao contrário das outras, foi feita completamente em volta de árvores incríveis que existem em volta de uma floresta na Nova Zelândia. Na clareira aberta na floresta, os engenheiros e arquitetos desenvolveram um espaço aberto de dois andares e duas torres com quartos e banheiros.

A ideia era encontrar uma forma de trazer a floresta para dentro da mansão, e mesmo quando fechada, as enormes fachadas de vidro fazem com que exista sempre uma vista fascinante para a natureza. O telhado é feito de vidro, sustentado por hastes de aço e madeira e a casa é totalmente acolhedora e aconchegante.

Gostou de saber um pouco mais sobre algumas das casas mais extraordinárias do mundo? Percebemos que a Nova Zelândia é um país que está em grande vantagem quando o assunto é casa extraordinária. As minhas preferidas são a Marlborough Sounds e a Sob Pohutukawa. Quais são as suas? Conta pra gente nos comentários e até a próxima!