Infraestrutura

Tipos de muros de contenção: escolha o melhor para sua obra

Divididos em dois tipos, cada um possui diversas subcategorias


Postada em 26/09/2019 às 10:30
Por Claudia Ferreira Ribeiro


Tecnicamente, e de maneira simples, os muros de arrimo são divididos em dois tipos: por gravidade ou peso e de flexão. Construídos para conter parte de um terreno, os muros de arrimo ainda são chamados de muro de contenção e são muito necessários quando há um desnível de terreno, muitas vezes causado pela ação do homem com o intuito de obter mais espaço para construir sua edificação.


Essenciais para garantia de segurança, os muros por gravidade e de flexão são divididos por diversas subcategorias. Confira e escolha o melhor tipo para sua obra.


Por gravidade


Os muros de arrimo por gravidade são aqueles que contêm a parcela de solo somente com a atuação do seu peso próprio. Estes muros, geralmente, possuem grandes dimensões. E a sua utilização se torna limitada em locais onde existe pouco espaço. Quanto mais alto a contenção, maior será o peso do muro necessário para conter o solo.


 


Os tipos de muros de gravidade mais comuns são: muros de alvenaria de pedra, muros de concreto ciclópico, muros de gabião e muros de pneus. Saiba mais:


Muros de alvenaria de pedra: este tipo de muro consiste na execução de um muro com pedras argamassadas apoiadas em uma sapata de fundação.


Muro de concreto ciclópico: é um muro de simples de ser executado, feito com concreto simples e pedra de mão.


Muro de gabião: o muro de gabião é amplamente utilizado em rodovias e taludes próximos a córregos e formado por inúmeros gaiolas de aço que são preenchidas com pedra.


Muro de pneus: consiste no empilhamento de pneus que foram descartados com preenchimento de uma mistura de solo cimento.


 


De flexão


Os muros de arrimo de flexão são mais esbeltos que os muros de gravidade. Não utilizam apenas seu peso próprio para suportar a carga do solo, mas são feitos com materiais resistentes e armados com barras de aço, e o suporte da força do solo é realizado pelo conjunto concreto mais aço, ou seja, são conhecidos com os muros de concreto armado.


Os tipos de muros de flexão mais comum são: muro de concreto armado, muro de bloco armado, muro com contraforte e muro com vigas e pilares. Confira mais detalhes:


 


Muro de concreto armado: é o muro convencional, constituído apenas por concreto e barras de aço. Possui dois componentes bem definidos que é a sapata de fundação e a parede que contém o solo.


Muro de bloco armado: uma opção muito utilizada, pois substitui a parede em concreto armado convencional por blocos estruturais cheios de concreto armados.


Muro com contraforte: utilizados para grandes alturas, são semelhantes aos muros de concreto armado convencionais, mas possuem ao longo do seu comprimento elementos chamados de contraforte, paredes de concreto construídas perpendicularmente ao muro, que conferem maior rigidez à estrutura.


Muro com vigas e pilares: outra forma de executar os muros de arrimo é a utilização de um muro com vigas e pilares, preenchido com blocos. Este tipo de muro é de suma importância para o funcionamento da estrutura e boas fundações para os pilares.


 


Muro Terrae


O Muro Terrae trata-se de um processo construtivo desenvolvido com base nos chamados muros segmentais, composto por blocos pré-moldados intertravados como paramento frontal e geogrelhas de alta rigidez ou grampos de aço como elementos de reforço e estruturação do maciço.


O maciço reforçado, por sua vez, trabalha como muro de gravidade. A solução permite uma construção rápida e simples, utilizando o solo local como material de aterro, diminuindo a necessidade de importação de solo na obra.


O Muro Terrae apresenta grande versatilidade na execução de patamares, curvas e cantos e oferece excelente opção estética para a estrutura construída. Podem ser utilizados em projetos de contenções com grandes alturas ou em áreas com relevos desafiadores.


O sistema, pioneiro no Brasil, foi concebido nos anos 90 e hoje está amplamente consolidado no meio geotécnico brasileiro. Sem contar que ao longo de anos de desenvolvimento, já está presente em mais de 300 obras no Brasil e no exterior, em diversas situações e condições de projetos de estruturas de contenção para paisagismo, urbanismo, canalização, revestimento de encostas e infraestrutura viária ou de edificação.


Saiba mais sobre este sistema entrando em contato conosco e adquira o melhor tipo de muro de contenção para sua obra. Deixe também o seu comentário abaixo e continue nos acompanhando para saber o que mais a Geocontract pode oferecer para você!