Impermeabilização

Estacionamentos são mais propensos a infiltrações em condomínios: como evitar este tipo de problema?


Postada em 05/06/2019 às 08:00


Pouca ventilação, presença de monóxido de carbono liberado pela descarga dos carros e umidade característica do subsolo fazem deste ambiente um dos que mais sofrem com infiltrações


 


Por Cláudia Ferreira


 


O estacionamento de um prédio é um dos ambientes que mais sofre com infiltrações devido a sua pouca ventilação, presença de monóxido de carbono liberado pela descarga dos carros e umidade característica do subsolo.


Esta combinação de elementos tem o poder de deteriorar tanto a estrutura quanto os revestimentos de um prédio, levando a outros problemas também muito graves, como: vazamentos, mofos, bolor, entre outras patologias e problemas respiratórios como renite.


Com a água em contato com a estrutura, o concreto se desprende da ferragem, o processo de corrosão é acelerado e um desabamento pode sim ocorrer.


Os problemas de umidade normalmente surgem por três motivos: a falta de um projeto específico de impermeabilização e de uma manutenção periódica, ou a estrutura perdeu a validade, que é de 15 a 30 anos.


 


Soluções


A inspeção visual a cada ano para verificar as condições das paredes, pisos e tetos, é essencial. Não pode haver goteiras, fissuras, rachaduras, etc. A manta asfáltica ainda é o produto mais usado para barrar a água, mas ao longo dos anos muitos materiais começaram a ser utilizados para criar uma camada de proteção com resistência à tração e intempéries.


Encontrar soluções eficientes e práticas para drenar e proteger a estrutura também é muito importante, pois seu desempenho adequado é essencial para garantir a vida útil da impermeabilização. Conheça alguns produtos drenantes e impermeabilizantes e resolva de maneira integral o problema para evitar maiores dores de cabeça.


 


Durante a obra


O MaxDren R é um geocomposto drenante utilizado em drenagens verticais e horizontais constituído por um geotêxtil que atua como elemento de filtro e um geoespaçador de PEAD, que atua como elemento drenante e possui elevada vazão. Utilizado em drenagens verticais e horizontais, o MaxDren pode ser aplicado em:


 


- Muros de arrimo;


- Cortinas de subsolo;


- Paredes enterradas;


- Escavação de subsolos;


- Fundações diretas;


- Túneis;


- Floreiras, jardineiras, jardins suspensos;


- Subsolos de edifícios;


- Aterros sanitários;


- Estacionamentos, pátios e pisos industriais.


 


Características


Este geocomposto drenante tem competência de vazão, é leve, fácil de manusear e instalar, preserva e protege os sistemas de impermeabilização contra eventuais danos mecânicos, muito mais eficaz e econômico quando comparado com os resultados tradicionais, flexível e pode ser instalado em superfícies de várias geometrias.


 



 


A Torodin 4 mm é uma manta asfáltica da Viapol produzida a partir da modificação física do asfalto com polímeros e estruturada com não tecido de filamentos contínuos de poliéster previamente estabilizado. Utilizada em:


 


- Lajes térreas;


- Lajes de cobertura;


- Playground;


- Reservatórios;


- Lajes de estacionamento;


- Vigas calhas;


- Reservatórios elevados de concreto;


- Piscinas elevadas;


- Espelhos d’águas elevados;


- Rampas e cortinas em contato com o solo.


 


Características


A manta asfáltica possui as seguintes características: estabilidade térmica e dimensional, alta resistência aos esforços mecânicos, elevada flexibilidade, alta resistência ao puncionamento estático e dinâmico, ampla faixa de resistência à temperatura, alta resistência à fadiga mecânica e elevada durabilidade.


 



 


O primer Eco é uma emulsão asfáltica da Vedacit para imprimação da superfície de concreto ou argamassa para colagem de mantas asfálticas e fitas autoadesivas.


Exibe secagem rápida e alto poder de aderência, mesmo sobre substratos úmidos. Pode demonstrar baixo teor de COV, ajuda a amenizar a quantidade de contaminantes do ar e contribui para conservação do meio ambiente. Recomendado como primer na aplicação de fitas autoadesivas e mantas asfálticas em:


 


- Lajes maciças e pré-fabricadas;


- Áreas molhadas e molháveis;


- Piscinas e tanques elevados;


- Reservatórios e caixas d’água elevados, entre outros.


 



 


As argamassas poliméricas também são uma excelente opção para se usar durante e depois da construção de garagens e estacionamentos, como muito outros materiais, dependendo do tipo de obra a ser executada e diagnóstico preciso e qualificado do problema.


Todos os produtos citados neste post você encontra aqui na Geocontract! Empresa que tem como principal objetivo passar confiança aos clientes, fornecendo produtos técnicos de qualidade comprovada.