Saiba um pouco mais sobre a geotecnia e a carreira de engenheiro geotécnico


Postada em 24/04/2019 às 09:00


Saiba um pouco mais sobre a geotecnia e a carreira de engenheiro geotécnico

O que é esta ciência, o que este profissional faz e qual a importância desta área para a construção civil

 

Por Cláudia Ferreira

 

A geotecnia é a aplicação de métodos científicos e da engenharia civil para a aquisição, interpretação e uso de conhecimento de materiais da crosta terrestre para a solução de problemas relacionados ao solo, tornando-o mais adequado para as atividades e desenvolvimentos humanos com os profissionais e materiais corretos. A aplicação da geotecnia inclui:

 

Predição, prevenção ou migração de danos causados por desastres naturais, como: avalanches, enchentes, deslizamentos de terra, sumidouros e erupções vulcânicas;

- Aplicação da mecânica do solo, rochas e águas subterrâneas ao projeto e previsão de desempenho de estruturas de terra como barragens;

- Concepção e previsão de desempenho das fundações de pontes, edifícios e outras estruturas feitas pelo homem em termos do solo subjacente e/ou rocha e controle de inundação e previsão.

Alguns materiais utilizados em obras de geotecnia também podem ter uma ou mais das seguintes funções: reforço, drenagem, filtração, barreira, separação e proteção.

 

Reforço: tem a finalidade de reforçar um maciço de solo, conferindo-lhe maior resistência mecânica e menor deformidade.

Drenagem: drena os fluídos ou gases para regiões apropriadas, ou seja, permite o escoamento da água e enxuga os fluídos de solos encharcados.

Filtração: funciona como filtro de um sistema drenante e pode ser utilizado como elemento filtrante para a redução do potencial poluente de lixiviados e resíduos.

Barreira: tem a função de barrar ou minimizar a passagem de fluidos ou gases. Tal aplicação é de particular importância em obras de proteção ambiental e em obras hidráulicas.

Separação: tem a finalidade de separar materiais, como solos moles e solos finos.

Proteção: utilizado para proteger uma camada de solo contra a erosão.

 

A geotecnia abrange muitos dos aspectos da geologia, geofísica, hidrologia e outras ciências relacionadas, praticadas tanto por geólogos de engenharia quanto por engenheiros geotécnicos. Saiba mais sobre esta profissão:

Engenheiros Geotécnicos

A profissão de engenheiro geotécnico existe há mais de 80 anos, e os serviços deste profissional são solicitados principalmente nas etapas iniciais da obra. É ele quem coordena as atividades de investigação do solo, contenções, terraplanagem, escavações, projeto e execução de fundações, entre outros projetos.

Nas sondagens dos terrenos, por exemplo, o engenheiro geotécnico é responsável por identificar as camadas de solo da região, determinar suas propriedades mecânicas e geotécnicas, realizar a análise qualitativa dessas informações, estudar a hidrologia subterrânea e estabelecer as camadas seguras para apoio das fundações, entre outras atribuições. É sua responsabilidade, ainda, realizar estimativas de deformações ou rupturas devido a escavações de terra ou aterro em obras de terraplanagem.

O cálculo das fundações e contenções de uma construção, área onde o solo e a estrutura estão em permanente interação, também devem ficar sob a responsabilidade de um engenheiro geotécnico. Ele estará à frente do planejamento e execução das escavações e contenções do terreno, acompanhará com atenção as acomodações de solos decorrentes do serviço, escolherá o melhor tipo de contenção para cada obra e cuidará da estabilização dos solos, no caso de terrenos acidentados.

Conheça algumas atribuições, formação, experiência e aptidões:

 

Atribuições: investigação de solos, elaboração de projetos de fundações, contenções e escavações, supervisão de serviços de terraplanagem, perícias técnicas.

Formação: graduação em engenharia civil e pós-graduação (especialização ou mestrado) com disciplinas da área geotécnica (mecânica dos solos, estabilidade das construções, estruturas metálicas e de concreto armado).

Experiência: de dois a cinco anos trabalhando em canteiros.

Aptidões: afinidade com cálculos estruturais, estabilidade das estruturas, mecânica dos solos, entre outros.

 

Mas porque a geotecnia é importante?

Nos últimos anos, a causa ambiental tem gerado grande preocupação e, assim, a geotecnia e todas as suas vertentes, têm ganhado cada vez mais destaque na prevenção de desabamentos, desmoronamentos e deslizamentos, preservação dos lençóis freáticos, gerenciamento do problema do lixo e contenção da ocupação de encostas.

Esses são alguns dos projetos que a geotecnia atua. A ideia é eliminar e minimizar essas situações de forma sustentável e segura para a população, sem degradar o meio ambiente. Por isso, é essencial o estudo geotécnico para as construções, para evitar esses e muitos outros problemas.

Gostou de saber um pouco mais sobre a geotecnia, sua importância e o que o profissional da área faz? Então continue nos acompanhando e até a próxima!